O “Encantador de Leões” e sua Relação com os Animais

Kevin Richardson é um sul-africano que vem sendo chamado de “encantador de leões”. Ele é dono de uma grande reserva perto de Joanesburgo que abriga 38 leões.

Ele teve o primeiro contato com leões aos 11 anos de idade, quando começou a trabalhar com comportamento animal. Nessa época Kevin teve a oportunidade de conviver com dois filhotes nascidos em cativeiro. Quando ele tinha 16 anos, começou sua carreira como comportamentalista animal.

Ao longo dos anos, Richardson foi aceito pelos animais de sua reserva. Pode rolar no chão com machos e fêmeas que o deixam até mesmo brincar com os filhotes.

Os leões da reserva são resgatados

Respondendo à crítica de que estaria interferindo na natureza, Richardson diz que isso aconteceu no dia em que os leões foram colocados em cativeiro. Segundo ele, nenhum dos seus leões vem da selva, por isso ele está apenas tentando dar uma vida melhor aos animais.

encantador de leõesKevin Richardson brincando com o leão. Imagem: ifototravel

A interação entre o “encantador” e os leões

Os leões são livres para andar pela reserva, e Richardson nunca usou comida ou armas para domá-los. Ele é o único humano que brinca com os animais e sabe o quanto é vulnerável nessa situação.

Ele diz que se fosse morto por um leão e tivesse a oportunidade de voltar, faria tudo de novo.

Sua forma de interagir com os animais se apóia mais na intuição do que em regras estáticas e pré-estabelecidas. Regras essas que já foram contestadas em várias outras situações, inclusive. Um exemplo são os animais que foram cuidados por algum tempo e mesmo após voltarem à selva não se esquecem de seus amigos humanos. Segundo as regras, isso seria impossível.

Vídeo de Kevin Richardson com os leões

Veja no vídeo abaixo o “encantador de leões” com seus grandes amigos:

Veja mais algumas histórias e curiosidades sobre animais.

Imagem de capa: ifototravel

One thought on “O “Encantador de Leões” e sua Relação com os Animais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *